e- revista
Passo a passo de maquiagem para o Halloween

Vai para uma festa de Halloween? Aprenda a fazer uma maquiagem incrível para arrasar...ou melhor, assustar

 

Doces ou travessuras?  O Halloween está aí. Segundo a professora de inglês, Rosaura Berwanger Silva, o nome Halloween tem duas versões: a adaptação de véspera de todos os santos "hallow-santificado e even-véspera" e o nome de uma bruxa ao contrário "neewollah". Ela explica que a data surgiu nos Estados Unidos com o intuito de celebrar o final das colheitas – lá inicia-se o inverno.

Por isso, o espantalho e a abóbora com luz dentro (jack o' lanterna), são símbolos dessa festa. “No Brasil, o Halloween chegou através dos cursos de inglês para mostrar a cultura, filmes americanos, e é claro, a indústria para a venda de objetos referentes à festa”, explica Rosaura.

Como visto, a data é cercada de curiosidades. O símbolo da abóbora, mencionado, serve para espantar os maus espíritos para uma próxima colheita. Nas escolas dos EUA, os professores servem suco de maçã, torta ou docinhos de abóbora ou o tradicional biscoito de Halloween, o que acontece também por aqui.

“Desde que sou professora, há 27 anos, trabalho com os meus alunos esta data, pois faz parte da cultura americana. Exploro o uso de fantasias, enfeitando a sala de aula e entregando guloseimas: com nomes de baba de monstro-gelatina, asas de morcego-biscoitos e cérebro de Frankenstein-pipoca...etc”. Além disso, Rosaura conta que realiza concurso de histórias de terror, gargalhadas assustadoras, caretas e gritos aterrorizantes.

Além da diversão nas escolas, acontece muitas festas pela cidade. Aí, é hora de investir em uma fantasia bacana. A maquiagem também precisa ser destaque. Por isso, que tal aprender a fazer um make de caveira?

Jéssica Lang é uma designer referência em ilustrações. Recentemente, começou a criar maquiagens artísticas incríveis, que exploram os traços do rosto com muita criatividade. “Sou ilustradora e sempre trabalhei com conceitos de luz, sombra e cores no rosto dos meus personagens. Mas só ano passado entendi que a maquiagem poderia servir como uma ferramenta interessante para estudar as formas do rosto. Quando compreendi como funcionam as curvas que a pele faz através da aplicação de base e sombra, comecei a aprender melhor como utilizar isso nos meus trabalhos. Assim, também passei a usar meu próprio rosto como base para as minhas criações”, explica ela. 

Para fazer as produções no rosto, a ilustradora conta que utiliza materiais básicos, como pó compacto, base, iluminador, sombra (diversas cores), batom (diversas cores), lápis (branco e preto), delineador, pancake e demaquilante. Além disso, a designer aposta no improviso. “Por exemplo, se eu preciso de um batom azul e não possuo, posso usar sombra azul para conseguir o mesmo resultado”, conta Jéssica. Ela destaca que para o processo de criação acompanha o trabalho de maquiadoras profissionais pela internet. Mas no fim das contas, sempre acaba improvisando e criando na frente do espelho a partir das referências.

E já que no próximo sábado (31) é Halloween, a Terra Vermelha, pediu pra Jéssica elaborar um tutorial pra quem deseja apostar nessa maquiagem. Confira aí:

O processo para essa caveira é bem simples e as cores podem variar. Você pode usar apenas branco e preto ou mudar para verde e rosa se quiser. Os materiais são bem básicos: sombra, delineador preto e azul e pancake azul.

1º Aplique uma base simples para deixar a pele mais uniforme.

2º Inicie a aplicação do pancake azul nas partes mais escuras, como as laterais do rosto, os olhos e o nariz.

3º Use a base para “apagar” os lábios. Em seguida, use o lápis branco para desenhar os dentes.

4º Contorne os dentes com delineador azul e preto para dar profundidade e desenhe os ossos da bochecha.

5º Aplique o pancake azul no rosto todo procurando dar mais ênfase para as partes mais escuras.

6º Use sombra e delineador preto para escurecer ainda mais os olhos e o nariz e desenhar as rachaduras.

7º Aplique o pancake azul no pescoço, no busto ou em qualquer lugar que achar necessário para dar continuidade à maquiagem.

OBS.: é indicado usar o pancake com água, porém eu prefiro utilizá-lo na forma de pó. Gosto de aplicar com os dedos para ter mais controle sobre o resultado.