e- revista
As cervejas artesanais ganham espaço no mercado e são as queridinhas do momento

A cerveja artesanal veio para ficar! Com opções para todos os gostos: das doces, as mais amargas. A cerveja artesanal, ganhou espaço, e a partir desse crescimento, paladares mais criteriosos, começaram a buscar recursos para a fabricação da sua própria cerveja. Uma tarefa que parece ser fácil, porém exige: concentração e paixão por essa produção, muitas vezes praticada em uma atividade extra, como: nos finais de semana, para os amigos e família ou então, fazer dessa paixão a sua profissão.

O Cervejeiro, Sérgio Faria, ministra cursos sobre o processo de fabricação da cerveja, e também participou em 2015 do concurso Mestre Cervejeiro, em que sua cerveja ficou entre as 15 finalistas, a Irish Red Ale. Ele fala que fazer sua própria cerveja é um processo rico em detalhes e controle. “Se aprende rapidamente e com precisão, em um curso, de preferência presencial, em que, quando se é explicado às etapas e também realizado a prática da fabricação. A partir daí, o participante tem praticamente 100% de possibilidade de sair fazendo uma boa cerveja, já na sua primeira produção”, explica.

Para a fabricação da sua própria cerveja, Sérgio revela que o investimento não é alto. “Os materiais necessários são simples e de baixo custo. Na parte quente do processo, basicamente são panelas com válvulas, mais alguns utensílios para manipulação desta etapa, como jarra, escumadeira, termômetro e filtro nas panelas. Para a parte fria, geladeira com termostato digital e uma bombona ou balde e fermentador de polietileno”.  Sérgio ainda acrescenta que a comunidade cervejeira é muito unida, o que permite a troca de informações e experiências, sobre a fabricação das cervejas artesanais.

Que tal fazer sua própria cerveja? Nunca é tarde para aprender uma nova atividade. E se, você quer ficar por dentro das dicas do Cervejeiro Sérgio Faria, acompanhe a página Facebook/panelabeer.

 

 

+ Cervejas + fabricao + artesanal + produo.